11 de mar de 2009

Review de CD

Mas uma vez quem passa por aqui para nos presentear com uma ótima crítica é o guitarrista Bruno Otávio.

Mutantes

Tudo foi feito pelo sol

Olá pessoal é com grande alegria que retorno a escrever essas linhas tortas para falar sobre esse grande álbum dos Mutantes.Tudo foi feito pelo sol foi lançado em outubro de 1974, mantendo em suas fileiras somente o genial Sérgio Dias Batista da formação original, porém esse álbum na época foi o maior sucesso de vendas até então da banda (30 mil cópias, praticamente o dobro da media de vendas de cada um de seus álbuns anteriores) e tem em suas composições a participação do hoje renomado produtor Liminha, que tocou baixo na formação anterior e se desligou do grupo quando se preparavam para entrar em estúdio para a gravação desse álbum.A gravação mostra uma banda totalmente entrosada, criativa e virtuosa para os moldes da época, desde a primeira faixa ´´deixe entrar um pouco d'água no quintal´´ até o encerramento com a faixa titulo do álbum, o que se ouve é uma obra prima do rock progressivo tupiniquim, tanto que o álbum foi considerado nos anos 70 o melhor disco de rock progressivo nacional. A faixa instrumental ´´pitágoras´´ é um grande exemplo de como a banda estava à frente de seu tempo, misturando o lado virtuoso do rock progressivo com instrumentos brasileiros, como a viola caipira, coisa que ouviríamos duas décadas depois com bandas como Sepultura e Angra, as letras mesmo não sendo um primor no quesito poético, nos trazem um alto astral muito grande, refletindo o espírito otimista de quem estava em pleno momento de ditadura militar, como em ´´eu só penso em te ajudar´´, ´´o contrário de nada e nada´´ e ´´cidadão da terra´´.O álbum original se encerra com a magnífica onde ao Sol ´´tudo foi feito pelo Sol´´, uma linda balada marcada por órgão Hammond, que se deságua em um blues lento da melhor qualidade.Não posso deixar de destacar que em tempos de mp3 e desvalorização de material palpável, algum ser de muita luz, teve a brilhante idéia de relançar esse álbum em formato digipack, com o encarte original da época, release e de lambuja nos presentear como bônus track o EP lançado em 1976 ´´cavaleiros negros´´, que traz três faixas gravadas pela mesma formação que se encaixam perfeitamente no ´´T.F.F.P.S´´, parabéns a Som Livre, por ter tido esse respeito com esse grande álbum, e enquanto termina de ler essa resenha, mande seu irmão mais novo na loja mais próxima procurar essa obra de arte!!!!


Nenhum comentário: