20 de mar de 2009

Sinta Saudade

Saudade do tempo de criança, da inocência, da falta de responsabilidade, de atos inconseqüentes curados após uma boa bronca. Saudade de um sorriso sincero, de conversas bobas, de um olhar profundo, de aprender que cada um tem seu lugar. Saudade do que não vivi, do que não conheci, de lugares que nunca estive. Saudades do que está por vir, do que vou conhecer, do que vou aprender. Saudade de quem ainda não chegou, de quem já partiu, de quem já fez rir, de quem já fez chorar. Saudade de quem está longe, de quem está perto, de quem está ao lado e de quem não está. Saudade de quem ama, de quem pensa amar e de quem não sabe o que é amar. Saudade do passado, do presente e do futuro. Saudade do que esqueci, do que pensei, do que perdi. Saudade de você.

E principalmente, saudade do que fui, do que sou e do que serei.


D. Gabriel Cordeiro

Nenhum comentário: